Faça Parte

maos logo.png

Juntos podemos fazer NOSSA GUARAPIRANGA melhor.

 

 

Em 22/Mar/2019, dia mundial da água, fundamos a Associação Nossa Guarapiranga (ANG), uma associação civil sem fins lucrativos, de acordo com o seu Estatuto Social, cujo objetivo principal é promover e preservar a represa de Guarapiranga, em especial nos aspectos ambiental, cultural, educacional e desportivo.
O poder público não tem conseguido cuidar da nossa represa. A dona da represa, hoje, é a EMAE, Empresa Metropolitana de Águas e Energia. A Sabesp, há décadas, tem outorga para explorar a água bruta armazenada na represa, que ela trata, distribui e vende para nós, fatura uma nota com isso, mas só recentemente passou a fazer algo pela represa.
A Sabesp não coleta boa parte dos esgotos produzidos na região...
As leis municipais atuais de uso e ocupação do solo são muito restritivas. Combinadas com as leis de preservação ambientais então, tornam praticamente qualquer atividade formal proibida.
Nós, da ANG, em princípio, não queremos criar novas leis ou modificar a legislação vigente. O que nós queremos é que a lei seja cumprida por todos. Pelos gestores públicos, pela população em geral, principalmente pelos que hoje vivem à margem da lei, para o bem comum. São Paulo, o principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul, a cidade mais populosa do Brasil, do continente americano, da lusofonia e de todo o hemisfério sul, não pode prescindir da Guarapiranga como manancial de água potável.
Invasões e ocupações irregulares estão se disseminando no entorno da represa de Guarapiranga, suprimindo a Mata Atlântica e a vegetação que preserva as margens da represa e o seu entorno. As invasões e ocupações irregulares provocam o assoreamento da represa e lançam seus esgotos na água que nos abastece.
É preciso enfrentar essa situação e combatê-la, responsabilizando os gestores públicos pela inação, pela negligência, pela conivência com esse crime ambiental que acontece aqui, no entorno da Guarapiranga, e que ameaça e compromete a água que a metade da população de São Paulo consome.

​